4 items

Projetos

ADIMAQ - Fabrico ADItivo por extrusão e MAQuinagem para produção híbrida de modelos, moldes e moldações de grandes dimensões

Moldes Soldadura Robotizada Corte Plasma BIM - Building Information Model

Unfold

Objetivos

O projeto ADIMAQ - Fabrico ADItivo por extrusão e MAQuinagem tem como objetivo o desenvolvimento de um bem de equipamento híbrido que combine as tecnologias de fabrico aditivo (FA) por extrusão e de fabrico subtrativo (FS) por maquinagem de 5-eixos numa unidade única de produção híbrida com um volume útil de trabalho de aproximadamente 3x2x1m.

Este projeto irá responder aos desafios da indústria atual, permitindo a produção híbrida de modelos, moldes e moldações de grandes dimensões.

Imagens

Descrição

Desafios industriais |


A produção destas peças e componentes apresenta elevados tempos de fabrico, acrescidos custos de produção e levanta diversos desafios seja a nível da qualidade, competência e capacidade para a produção de geometrias complexas. Verifica-se assim a necessidade de soluções flexíveis e economicamente viáveis que se apresentem como alternativa às tecnologias tradicionais, permitindo desenvolver produtos refinados, de forma rápida, económica e vocacionada para dar resposta às necessidades do mercado.


Detalhes da solução |


Este projeto inovador irá criar um sistema de produção capaz de fabricar meios de produção (moldes, moldações e ferramentas) e modelos em areias de sílica, gesso, resinas e termoendurecíveis com maior eficiência em termos de custo, utilização de matérias-primas e exploração de geometrias.

O projeto ADIMAQ resultou da necessidade de uma solução alternativa às tecnologias tradicionais, que fosse flexível e economicamente viável e que permitisse desenvolver produtos refinados, de forma rápida, económica e respondendo às necessidades e inovações do mercado.


Benefícios e vantagens |


  • Combinação num único sistema de tecnologias aditivas e subtrativas para produção de moldes e ferramentas;
  • Maior eficiência em termos de custo e tempo de produção;
  • Diminuição de taxas de desperdício.

Promotores

Contactos

  • Rui Neto | INEGI | |

Data Início - Data Fim

1970/01/01 - 1970/01/01

Investimento (em euros) | Incentivo (em euros)

1.696.040 | 1.145.082

Programas de Financiamento

Link

Keywords

InValue – Plataforma de Serviços de Ecoeficiência e Manutenção Preventiva Industrial

ERP MES SCADA Gestão de Produção Ecoeficiência energia Manutenção Preditiva Manutenção Industrial

Unfold

Objetivos

| Objetivos do Projeto

O projeto INVALUE tem por objetivo desenvolver uma plataforma transversal segundo os principais paradigmas de programação, dotando-a de capacidades para recolher dados e transformá-los em informação útil para o utilizador final na tomada de decisão. Esta tomada de decisão será focada em duas vertentes principais:- Manutenção preditiva - Capacidade da plataforma em analisar os dados oriundos dos diferentes sistemas de produção e gerar informação sobre as necessidades de manutenção antes da ocorrência de falhas. Por outras palavras pretende-se que a plataforma impulsione políticas de manutenção pró-ativas, evitando paragens desnecessárias na linha de produção.-Ecoeficiência – Capacidade da plataforma de transformar dados provenientes de sensores instalados nas diferentes máquinas de uma empresa ou linha de produção, num conjunto de indicadores intuitivos que permitam avaliar a eficiência energética, eficiência da utilização de recursos, emissão de substâncias tóxicas, entre outros. Ambiciona-se reduzir as ineficiências dos processos e melhorar o rendimento dos equipamentos, por forma a reduzir custos e consumos de recursos desnecessários.

Descrição

| Desafios Industriais

O projeto INVALUE está relacionado com o conceito de Internet Industrial e pretende aplicá-lo em toda a sua plenitude dentro de uma organização industrial. Uma vez que as soluções atuais não conseguem responder a todos os objetivos assentes neste conceito, a Consórcio pretende com o presente projeto desenvolver uma plataforma de serviços colaborativa, que envolve toda a cadeia de valor de uma organização e que seja capaz de transformar dados oriundos das mais diversas fontes físicas da empresa (dispositivos inteligentes, sistemas de automação, sistemas de informação) em conhecimento para todos os stakeholders envolvidos. A informação resultante será utilizada na implementação de políticas pró-ativas de manutenção preventiva e de metodologias de ecoeficiência a nível industrial.

Para alcançar este objetivo, o Consórcio pretende inovar a nível da integração dos dispositivos inteligentes, da aquisição, análise e armazenamento de dados e da gestão de informação interativa ao longo da cadeia de valor de qualquer sector industrial. A cadeia de valor da informação vai desde os fornecedores da tecnologia, passando pelos fornecedores de serviços da infraestrutura, armazenamento e agregação de dados, análise e gestão da informação, empresas de manutenção e serviços on-demand até chegar aos utilizadores finais.

| Detalhes da solução

A nível da cadeia de valor da informação a plataforma irá funcionar da seguinte forma: Começando pelos sensores e pelos nós de medição e comunicação, a plataforma irá suportar diferentes tipos de comunicação, permitir a utilização/integração com diferentes arquiteturas e comunicação com outras redes e sistemas de back-office. Uma vez a comunicar com todos estes sistemas, geralmente interligados de diferentes formas, a plataforma será capaz de incorporar uma enorme quantidade de dados heterogéneos, transferir, analisar e armazenar estes dados de modo a obter informação relevante usando diferentes métodos e ferramentas de análise de dados.

A cadeia de valor da informação culmina com a entrega da informação. Neste ponto a equipa pretende desenvolver mecanismos que resolvam questões a nível de interfaces adaptativas. Para isso, diferentes meios de apresentação, visualização, partilha e apoio na interação dos parceiros deverão ser fornecidos por forma a garantir a transparência e segurança da informação.

De forma a garantir que o processo de aquisição e processamento de dados esteja disponível para qualquer tipo de equipamento serão consideradas três situações:

- Máquinas sem Instrumentação;

- Máquinas com Instrumentação;

- Máquinas com Protocolos Proprietários.

Promotores

Contactos

  • Regina Correia | SISTRADE | invalue@sistrade.com | +351 226 153 600

Data Início - Data Fim

1970/01/01 - 1970/01/01

Investimento (em euros) | Incentivo (em euros)

808.881,28 | 588.143,39

Programas de Financiamento

Link

Keywords

MAPPLE – Planeamento da Produção com Otimização Energética

Eficiência Energética Planeamento da Produção

Unfold

Objetivos

| Objetivos do Projeto

O projeto MAPPLE tem por objetivo o desenvolvimento de uma solução, constituída por um Módulo de Otimização Energética, que será integrado com o ERP SISTRADE, e um módulo de Setups, de carácter metodológico.O módulo de Otimização Energética consistirá num motor de escalonamento, que permite a avaliação da capacidade de cumprir datas pretendidas para entrega com base em múltiplos critérios, sendo o objetivo final o estabelecimento de um programa de produção que cumpra os compromissos de entrega assumidos e ao mesmo tempo minimize os custos de produção, com um enfoque particular na redução dos custos energéticos associados à mudança na produção.O módulo de Setups compreenderá um conjunto de metodologias específicas de diagnóstico e controlo do processo de setup, soluções de melhoria com base nos métodos SMED, 5Ss e A3-Problem Solving, e ainda a preparação das metodologias para informatização nas diversas plataformas

Descrição

| Desafios Industriais

As empresas produtoras de embalagens de filme plástico têm como recursos produtivos essenciais extrusoras e impressoras. Este tipo de máquinas, em especial as primeiras, caracterizam-se por um consumo de energético muito elevado, em especial durante a fase de arranque. Outra problemática que se verifica muitas vezes em organizações com atividades de produção é a dificuldade em efetuar o planeamento dos recursos, com vista à entrega das encomendas nas datas estabelecidas. Este planeamento é afetado por várias variáveis, sendo uma das quais o tempo de setup das máquinas, tanto no arranque da produção como na transição entre produtos. Deste modo, um setup adequado exige tanto soluções técnicas como organizacionais para ser reduzido e criar condições para a obtenção de soluções de escalonamento melhoradas. Nestas indústrias, a atividade de setup desempenha um papel crítico na eficiência da produção, sendo os seus custos energéticos associados bastante elevados.

| Detalhes da solução

O módulo de planeamento consistirá num motor de escalonamento, que permite a avaliação da capacidade de cumprir datas pretendidas para entrega com base em múltiplos critérios, sendo o objetivo último o estabelecimento de um plano de produção que cumpra os compromissos de entrega assumidos com os clientes e ao mesmo tempo minimize os custos de produção, com um enfoque particular na redução dos custos energéticos associados à mudança na produção, que apresentam uma elevada criticidade para a maioria das organizações produtoras.Em termos de setup, pretende-se desenvolver os seguintes conceitos para contribuir para um escalonamento mais eficiente:- Sistematizar a monitorização dos setups através de Indicadores de Desempenho e de ferramenta informática (autónoma e integrável em controladores).- Desenvolver abordagens pragmáticas para a resolução de problemas comuns.- Desenvolver sistemas de tutoria e monitorização do processo de setup em equipamentos.- Identificar cenários de setups passíveis de serem melhorados através de uma solução de automação ou robótica.

Promotores

Contactos

  • Regina Correia | SISTRADE | mapple@sistrade.com | +351 226 153 600

Data Início - Data Fim

1970/01/01 - 1970/01/01

Investimento (em euros) | Incentivo (em euros)

390.018,64 | 255.023,06

Programas de Financiamento

Link

Keywords

PRODUTECH-PSI: Novos Produtos e Serviços para a Indústria Transformadora

Unfold

Objetivos

O projeto PRODUTECH PSI teve como objetivo a conceção e desenvolvimento de novos produtos e serviços avançados, que serão no futuro comercializados por empresas da fileira das tecnologias de produção. 

Descrição

O projeto PRODUTECH PSI inclui um elevado conteúdo de investigação e avanço face ao estado da arte, com vista a atingir de protótipos claramente avançados, que garantam a diferenciação e sustentabilidade das empresas de tecnologias de produção nacionais.

Alavancando massa crítica de atores, capacidades e competências, o projeto estruturou-se em 5 subprojetos de elevado conteúdo tecnológico:

PPS 1 - Sistemas de produção inteligentes, e cujo objetivo centrou-se na conceção e e desenvolvimento de um conjunto de ferramentas (componentes de software) a embeber nos equipamentos de forma a torná-los mais eficientes e eficazes;

PPS 2 - Sistemas de produção flexíveis e eficientes e cujo objetivo centrou-se no desenvolvimento de bases para um serviço de apoio à definição de acções, e seguir a sua implementação, visando reduzir a duração das paragens dos equipamentos devido a setup ou troca de ferramentas e definir uma metodologia e ferramentas de suporte à monitorização e gestão da disponibilidade dos sistemas de produção;

PPS 3 - Gestão de operações e logística para produtos customizados, e cujo objetivo centrou-se na conceção e desenvolvimento de ferramentas e sistemas, que respondam de forma completa às necessidades de produzir de forma competitiva produtos costumizados;

PPS 4 - Sistemas de produção em rede, endereçando-se ao desenvolvimento de condições adequadas para a ligação em rede dos sistemas de produção, respectivos equipamentos industriais e sistemas de informação empresariais, permitindo a sua operação coordenada e/ou integrada;

PPS 5 - Eficiência energética e ambiental dos sistemas de produção, endereçando-se ao desenvolvimento de ferramentas de avaliação de eco-eficiência e de sistemas de gestão integrada de fontes de energia renováveis

Promotores

Contactos

  • Diretor do Projeto | CATIM | projectosmobilizadores@produtech.org | +351 226 159 000

Data Início - Data Fim

1970/01/01 - 1970/01/01

Investimento (em euros) | Incentivo (em euros)

12000000 | 8500000

Programas de Financiamento

Link

Integração de tecnologias de concentração solar em sistemas de produção.

Sistemas de Teste Robótica

Unfold

Objetivos

Sistemas de fornecimento de calor a processos industriais com base na gestão integrada de fontes de energia renováveis, nomeadamente concentração solar térmica. Solução decorrente de trabalhos desenvolvidos no quadro do PPS5 - "Eficiência energética e ambiental dos sistemas de produção".

Descrição

| Desafios Industriais


 De acordo com alguns estudos publicados, os sistemas solares térmicos industriais poderão potencialmente cobrir uma fração significativa (cerca de 28%) dos consumos energéticos (eletricidade e calor) em países europeus. Essa meta poderá ser facilmente atingida visto um grande número de processos industriais necessitarem de temperaturas inferiores a 250ºC. Mesmo tomando em consideração a ainda limitada gama de temperaturas para as quais os coletores atuais são adequados, esta é uma tecnologia em expansão e os esforços dedicados a melhorar e a criar novos modelos mais potentes e eficientes são muito importantes. Neste âmbito a utilização de tecnologias de aproveitamento de energia solar em processos industriais é uma medida, com viabilidade económica e que contribui de forma decisiva para a promoção da eco-eficiência industrial.


| Solução


Neste contexto propõe-se a atividade “Demonstração de sistemas de fornecimento de calor a processos industriais com base na gestão integrada de fontes de energia renováveis, nomeadamente concentração solar térmica”. A arquitetura da solução proposta pressupõe a existência de um sistema de armazenamento de energia térmica em leito fixo (com materiais de mudança de fase). A filosofia base será a de utilização directa do calor gerado pelos concentradores solares no processo (podendo ou não passar pelo sistema de armazenamento térmico consoante este se encontre ou não carregado termicamente e consoante os concentradores solares consigam ou não fornecer o calor necessário com a estabilidade de temperatura pretendida). Um complexo sistema de controlo foi igualmente desenvolvido e instalado, constituído por diversos sensores, electroválvulas e actuadores que da melhor forma possam gerir o fornecimento contínuo e ininterrupto de calor ao processo e minimizar as falhas e paragens. Desta forma, projetou-se e construiu-se um sistema laboratorial para desenvolver os sistemas de armazenamento de energia e apoiar o projecto de integração em sistemas produtivos diferentes, optimizando o seu funcionamento.

| Benefícios e vantagens 


O sistema integrador de energias renováveis aqui proposto é apresentado como um exemplo de tecnologia eco-eficiente, podendo ser considerado uma solução de melhoria para as empresas com preocupações relativamente à eficiência energética das suas unidades fabris, em particular no que diz respeito ao uso de energia térmica. Em suma pode-se afirmar que este projecto poderá ser a base para uma futura evolução do processo fabril na sua globalidade, com consequente aumento de eficiência e de independência energética. As empresas poderão assim reduzir a sua factura energética, possibilitando um aumento da sua competitividade através da diminuição do custo unitário do produto. Poderão ainda, obter benefícios indirectos que passam pela promoção de imagem da empresa, apresentando forte preocupação com as questões ambientais e energéticas, algo importante nomeadamente para o mercado de exportação.

Contactos

  • Ricardo Barbosa | INEGI | rbarbosa@inegi.up.pt | +351 229578710

Data Início - Data Fim

1970/01/01 - 1970/01/01

Investimento (em euros) | Incentivo (em euros)

12000000 | 8500000

Programas de Financiamento

Keywords

Outras Inovações

Nenhum resultado encontrado.